Home / Animais curiosos / Sapo tem senso interno de localização

Sapo tem senso interno de localização


sn-frogsH_0

Coloque um sapo venenoso em qualquer lugar fora de seu raio de vivência e ele irá se localizar e, possivelmente, encontrar a sua “casa”, de acordo com estudo. Esse tipo de habilidade de navegação não é comum em anfíbios, que são geralmente relativamente sedentários.

Sapos venenosos da Floresta Amazônica vivem no chão, onde depositam seus ovos. Em virtude dos girinos precisarem de água para se desenvolverem, os seus pais os carregam nas costas para locais úmidos ou aquáticos.

Allobates femoralis (na foto) se aproveita de pequenas poças e piscinas do chão. Os machos demarcam territórios de aproximadamente 15 metros de diâmetro, mas têm raios de vivência de aproximadamente 600 metros de diâmetro.

Os pesquisadores colocaram dispositivos de rastreamento nos anfíbios e os colocaram a 100 metros de suas casas. Os sapos foram colocados em um território desconhecido e ficaram aparentemente desorientados, mas logo eles se orientaram para o caminho de casa usando a rota mais direta, como foi reportado no jornal Biology Letters. Os animais não passaram nenhum tempo tentando achar caminhos de volta, eles se orientaram imediatamente pelo caminho mais curto.

Os locais favoráveis aos girinos são temporários e esparsos, o que significa que os sapos pais precisam de um excelente mapa de seus territórios com o objetivo de promover o melhor desenvolvimento possível para os seus filhos, aumentando o sucesso reprodutivo. A jornada longe de casa também é repleta de perigos, então um mapa mental é uma grande vantagem.

Mas não se preocupe. Como foi citado antes, muitos dos anfíbios não possuem esse tipo de habilidade, então você não precisa ter medo daquele sapo que apareceu, um dia, na sua casa. Talvez ele não volte mais.

Traduzido e adaptado de:

http://news.sciencemag.org/biology/2014/11/poison-frogs-have-internal-homing-device

Veja mais aqui http://climatologiageografica.com.br/sapos-tem-um-senso-interno-de-localizacao/#ixzz3xqbT8LWd





Deixe uma resposta