Home / Curiosidades do Mundo / Pesquisadores encontram rio de metal hiper quente embaixo do Polo Norte

Pesquisadores encontram rio de metal hiper quente embaixo do Polo Norte


Nosso planeta é fascinante. E uma nova descoberta feita em conjunto por pesquisadores da Dinamarca e do Reino Unido mostram uma faceta até então desconhecida do planeta Terra.

Os pesquisadores encontraram um rio extremamente quente de ferro e níquel que corre embaixo da superfície. Ele fica 3 mil quilômetro abaixo do Alasca, nos Estados Unidos, e da Sibéria, na Rússia.

O rio em questão tem 420 quilômetros de largura e 7 mil de comprimento, formando uma complexa e longa estrutura. Ele é formado por uma enorme massa metálica que se move a uma velocidade cada vez maior — a atual é de 45 quilômetros por ano.

A velocidade em questão é extremamente baixa se comparada com a velocidade com a qual se movem rios da superfície. Mas é sempre bom destacar que no núcleo do nosso planeta nada se mexe tão rápido.

Os cientistas em questão são de equipes da Universidade Técnica da Dinamarca e da Universidade de Leeds. Depois da descoberta, eles passaram a estudar o impacto do aumento da velocidade do rio no campo magnético do nosso planeta.

Até o momento, o que se sabe é que a energia emanada pela movimentação desse rio de metal põe interferir na rotação do núcleo da Terra. Os especialistas acreditam que podem, com essa descoberta, chegar mais perto do motivo que faz com que o campo magnético do nosso planeta esteja em constante enfraquecimento.

 Fonte do Artigo: Yahoo Notícias 




Deixe uma resposta